reduzir custos logísticos

Como reduzir custos logísticos na empresa

Você já parou para pensar nos custos logísticos da sua empresa? Sabe exatamente o total de gastos mensal? Então você já deve ter percebido que o montante está entre as principais despesas do seu negócio. Buscando melhorar a eficiência financeira da sua empresa, preparamos este artigo que explicará como reduzir os custos logísticos.

O que são custos logísticos?

Se para você custos logísticos são apenas os gastos com transporte de mercadorias, enganou-se.

O termo abrange todos os gastos relacionados à logística do negócio, desde o transporte com a compra de materiais, o armazenamento, a manutenção do estoque, até o frete para o envio do produto ao cliente.

Portanto, o cálculo deve ser feito desde antes, por exemplo, da compra de matéria-prima. E ele deve continuar durante a manutenção do almoxarifado ou estoque. Depois, se manter até o momento final, que é no envio do produto ao cliente.

Em alguns negócios, os custos logísticos somente não ultrapassam o valor da mercadoria. Ou seja, para certas empresas, esse tipo de gasto é o segundo principal aporte do negócio.    

Portanto, essa despesa pode atingir de maneira significativa o caixa de muitas companhias, especialmente das lojas online.

Os e-commerce dependem de serviços de logística eficazes e econômicos para obter sucesso, uma vez que todas as vendas necessitam do transporte para que o cliente receba o produto.

Por isso, quanto melhor o planejamento e a gestão dos gastos neste setor, melhor será a saúde financeira da empresa.

E nesta gestão, é essencial que a meta de reduzir os custos logísticos esteja presente. Entenda abaixo o porquê.

Qual a importância de reduzir custos logísticos?

Como apontado acima, os custos logísticos impactam no orçamento da empresa. Em alguns casos, quando não pensado adequadamente, pode chegar até a inviabilizar certos negócios.

Daí a importância de buscar a redução dos custos logísticos. Essa boa equação pode trazer expansão e longevidade para o negócio.

Caso contrário, uma gestão de custos logísticos que não busca economia aliada à qualidade, pode fadar a empresa à falência.

Além das finanças saudáveis no negócio, procurar reduzir custos logísticos também está atrelado à competição com a concorrência. A explicação é que o valor final da compra poderá ser mais baixo para o consumidor, tornando-a, assim, mais atrativa.

Estar à frente do concorrente desta forma pode evitar algo muito comum nas compras online: o abandono do carrinho na loja virtual.

O custo do frete é um fator decisivo na hora da compra. O consumidor pode abandonar o carrinho por conta desse valor. Por isso a importância de ter a redução nos custos logísticos. 

O peso do frete

De acordo com pesquisa, de 2019, da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o frete é o maior responsável por custos logísticos no e-commerce, com 65,9%. Enquanto que os gastos com armazenagem e com o manuseio atingem o percentual de 19,3% e 14,8%, respectivamente.

Diante disso, fica claro o porquê muitos clientes abandonam os produtos no carrinho da loja virtual. Isso ocorre, pois na maioria das vezes, quem arca com o valor do frete é o consumidor.

A comprovação disso é que, ainda de acordo com a pesquisa, no Brasil quem costuma pagar pelo frete é o cliente em 49,6% dos casos. E apenas 9% dos lojistas arcam com esse custo. Há também uma porcentagem alta, de 44% em que o frete é pago por ambos, lojista e cliente.

Em comparação com os dados da pesquisa colhidos em 2013, houve queda no percentual de clientes que pagam o frete. Há oito anos, 55% dos consumidores assumiam essa conta.   

A redução ocorreu da mesma forma com os lojistas que arcavam com os custos do envio do produto; antes eles eram 15%.

O resultado da pesquisa mais recente mostra a realidade do peso do valor do frete nas compras online. E diante disso, a solução encontrada foi de que os dois lados da negociação, lojista e cliente, arcassem com a despesa.

Em 2013, a partilha do frete com o consumidor era feita por 30% das empresas. Hoje o número subiu para 44%.

Segundo a ABComm, houve queda também no número de e-commerce no país que embute o valor do frete no preço da compra. Para a associação, as lojas virtuais cobram pelo frete em mercados maduros.

Boas práticas para reduzir custos logísticos

Dada a importância de reduzir os custos logísticos para a eficiência financeira dos negócios, mostraremos a seguir ações que podem reduzir os custos logísticos da empresa.

Essas boas práticas auxiliam também no aumento da vantagem competitiva da marca no mercado e proporcionam melhores condições de compra para os consumidores.

Planejamento estratégico

É essencial que, antes de tomar qualquer decisão em logística, seja feito um planejamento estratégico de toda a cadeia da empresa.

Devem ser levadas em conta informações como a manutenção da frota e gastos com combustível e pedágios, caso o transporte seja feito pela própria empresa.

Além disso, o planejamento deve incluir o gerenciamento do estoque.

Muitas vezes, também vale a pena investir em um tipo de estoque estratégico. A sugestão é manter é mantes produtos próximos aos clientes, o que pode gerar uma redução significativa no frete.

Automação de processo

Ter um sistema automatizado, usando recursos tecnológicos, aumenta a eficiência. Ele ainda melhora a produtividade nas etapas dos processos logísticos, uma vez integrados.

Além disso, a automação ajuda a reduzir os custos logísticos já que também é capaz de evitar erros e encontrar falhas humanas mais facilmente. Isso ainda resulta na redução de possíveis danos financeiros.

Desta maneira, com o uso de tecnologia, a automação de processos logísticos pode ainda melhorar a qualidade dos serviços.

Ou seja, a implementação de um sistema de gestão automatizado pode reduzir os custos logísticos. E ela também torna todo o processo mais ágil e confiável.

 Terceirização

Optando por terceirizar os serviços de logística, como o envio de produtos aos clientes, por exemplo, preocupações como o estado da frota, a melhor rota, seguros em dia e o aumento do combustível, acabarão.      

Com uma empresa parceira atuando nesta área, além da otimização da logística, os gastos que antes eram fixos com os veículos próprios, podem se tornar variáveis de acordo com a utilização do serviço, quantidade de entregas e distância.  

Portanto, além da dispensa da frota, com a terceirização, também não será mais necessário manter uma equipe própria. Desta forma, consegue-se, assim, reduzir ainda mais os custos logísticos.

Gestão de logística

Assim como a redução dos custos e das preocupações, a possibilidade de terceirização do transporte proporciona uma gestão de logística mais eficiente.  

O resultado disso é, muitas vezes, a melhora na experiência do cliente. Isso acontece, pois a entrega é mais rápida e, possivelmente, com menos intercorrências.

E essas questões são muito relevantes, já que de acordo com a pesquisa ABComm, um dos principais problemas apontados pelas empresas são os atrasos na entrega.

Portanto, adotar a terceirização pode ajudar a simplificar os processos. Assim como melhorar a experiência do cliente e, principalmente, reduzir os custos logísticos.

Além disso, outros aspectos citados pelas empresas que participaram do estudo foram: a demora nas tratativas, o descaso e a má qualidade no atendimento.

Todas essas questões podem ser resolvidas com uma empresa de logística, que além do transporte do produto, também se encarrega de fazer a gestão de todo o processo.

Com o uso de tecnologia e sistemas próprios de rota e de rastreio, por exemplo, toda a cadeia de transporte de produto ao cliente pode ser melhor acompanhada e gerida.

Se você quer reduzir os custos logísticos do seu negócio e ainda melhorar o sistema de gerenciamento e de agilidade e bom atendimento ao cliente, conheça os serviços da +Envios.

Somos uma empresa especializada na gestão inteligente de envios, desde a pré-postagem até a entrega ao cliente.

Além disso, contamos com uma equipe com atendimento rápido e humanizado, e que monitora em tempo real as encomendas!
Entre em contato conosco e faça um orçamento.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

CADASTRE-SE
PARA RECEBER
MAIS INFORMAÇÕES

Scroll Up

Fale conosco