Logística reversa

Logística reversa: quando e como fazê-la

Os hábitos de consumo têm sido cada vez mais considerados em uma venda e entender bem isso pode evitar com que a compra on-line seja cancelada. Mas quando isso é inevitável, a logística reversa, quando bem feita, pode ser um diferencial do seu negócio. 

A logística reversa pode ser resumida como o serviço de troca ou devolução de um produto adquirido pela venda on-line. 

As empresas precisam focar bastante na logística reversa, condição prevista no Código de Defesa do Consumidor (CDC, artigo 49). Quando alguém adquire qualquer produto de forma virtual, tem até 7 dias, a partir da data da entrega, para trocar ou devolver o item, sendo ressarcido se for o segundo caso. 

De acordo com a legislação, o custo com a logística reversa não pode ser repassado para o cliente. Portanto, essa etapa deve fazer parte da sua estratégia de vendas e entregas. Facilitar esse processo ao seu cliente, creia, é algo que salta aos olhos, pois trata-se de uma prática que pode ser vista como responsabilidade socioambiental da empresa. 

Implemente a logística reversa no seu negócio com a Mais Envios

A Mais Envios é especialista no assunto, facilitando muito o processo, pois garantimos a integridade da sua venda, agilizando e ajudando o seu negócio a economizar nas trocas e devoluções. Com a etiqueta gerada pela plataforma altamente tecnológica de envio, fica mais fácil para que o seu cliente consiga remeter o produto de volta em uma agência mais próxima à ele, seja por qual motivo for.  

Escolhendo o pacote completo de serviço da Mais Envios, além da coleta gratuita, os nossos clientes contam com:

  • Gerador de etiquetas;
  • Gestão de envios. 

Como economizar na troca e devolução de produtos?

Há alguns passos para obter economia na troca ou devolução de produtos. Os pontos relevantes na implantação de uma logística reversa eficiente e menos onerosa são:

  1. Defina a Política de Troca ou Devolução de produtos e deixe esse documento acessível ao seu cliente.
  2. Formalize e protocolize tudo. Manter um histórico transparente de trocas e devoluções é importante para fins de auditoria ou legais.
  3. Invista em um serviço de atendimento ao cliente de qualidade, que saiba todo o processo e que consiga responder prontamente às dúvidas do seu cliente.
  4. Busque compreender o motivo da troca ou devolução do cliente. 

É importante que as empresas entendam que, independentemente do seu tamanho ou modalidade em que atua, a reversão de produtos pode acontecer e todos os setores envolvidos no processo de devolução devem estar preparados para agir rapidamente, já que é um diferencial responder prontamente o cliente sobre a solução daquele problema.