como evitar estoque parado

Como evitar estoque parado e ter giro nesse importante setor da empresa

Saber como evitar o estoque parado é essencial para ter um negócio saudável. Isso porque ter um estoque parado é o mesmo que ter um dinheiro guardado debaixo do colchão: ele se desvaloriza com o tempo. E no caso do estoque, é ainda pior, uma vez que produtos podem se danificar, ultrapassar a data de validade ou até sair de moda.

Por isso, neste texto você vai descobrir como evitar o estoque parado e compreender a importância do giro nesse setor da empresa.

Os problemas do estoque parado

Apesar da comparação do estoque parado com o dinheiro guardado debaixo do colchão, o problema enfrentado por empresas que não tem giro de seus produtos é muito maior do que apenas a perda inflacionária.

Se os produtos estão no estoque, eles foram comprados ou produzidos pela empresa, demandando empenho pessoal e de matéria-prima. Portanto, foi dinheiro que saiu do caixa para fazer esse investimento.

Contudo, se os clientes não estão adquirindo esses produtos, o retorno financeiro não acontece. Desta forma, no caixa da empresa, consta que mais saiu do que entrou dinheiro.

O retrato desse marasmo, sem a entrada do lucro ou mesmo do valor investido, é sinal de baixa liquidez. E caso essa situação se perpetue por muito tempo, a saúde financeira do negócio será prejudicada.

Por isso é necessário observar as seguintes questões:

  • Perecibilidade
  • Sazonalidade
  • Custos de armazenagem
  • Empréstimos

A seguir, veremos o que cada uma dessas questões envolve na saúde do negócio.

Pontos de atenção

Com o estoque parado e sem entrar dinheiro, muitos lojistas optam por buscar um empréstimo financeiro a fim de pagar fornecedores, por exemplo.

Entretanto, essa solução momentânea acaba se tornando um problema, ainda mais posteriormente. Isso porque o estoque continuará parado e o empresário terá ainda mais uma dívida para quitar. 

Além disso, em grande parte dos empréstimos, os juros podem ser um vilão que trará ainda mais dores de cabeça para o lojista, causando um endividamento que poderá se prolongar por muito tempo.

Outra questão enfrentada por lojistas do varejo é o valor gasto com a armazenagem e manutenção do estoque. Além do espaço, alguns produtos exigem cuidados específicos para não danificarem com o tempo, como refrigeração, ventilação, etc.

Isso gera um custo mensal que vai além do valor que se investiu para adquirir o produto. Portanto, quanto mais tempo a mercadoria fica no estoque, mais gasto o lojista tem com ela.

Independentemente do negócio, o estoque parado não é algo saudável para lojas, sejam elas on-line ou físicas.

Mas a falta de rotatividade no estoque pode ser ainda mais prejudicial para empresas de algumas áreas específicas, como as que trabalham com produtos perecíveis e as que atuam no setor de moda.

Por isso, esses lojistas devem atentar-se ainda mais para o giro de estoque e a importância de não deixar os produtos parados.

A informação como a data de validade, por exemplo, é importantíssima para o sucesso ou o fracasso do empreendimento. A sazonalidade também é outra característica que exige a atenção do lojista, uma vez que ela influenciará a comercialização das mercadorias.

Como evitar estoque parado

Como citado anteriormente, ter a mesma mercadoria por muito tempo na prateleira pode acarretar inúmeros problemas.

Para que isso não aconteça no seu e-commerce, veja como evitar estoque parado:

  • Controle geral do estoque

É imprescindível que se tenha um raio-x de tudo o que há no estoque, assim como as quantidades, prazos de validade de demais informações dos produtos. Isso evitará compras desnecessárias, assim como a venda correta dos produtos mais antigos, por exemplo.

  • Planejamento de ações

Organizar-se previamente acerca de datas comemorativas, por exemplo, pode evitar a compra tardia de produtos e posteriormente o estoque parado.

  • Interesse do cliente

Conhecer o que os clientes estão buscando na loja auxilia na escolha dos tipos de produtos e quantidades adequadas para adquirir com o fornecedor.

Desta forma, não haverá grandes quantidades de mercadorias paradas no estoque, uma vez que a compra dos itens será feita de acordo com a saída dos produtos.

  • Bom funcionamento do site

Para que os clientes consigam comprar no e-commerce, o site da loja tem que estar em plenas condições de pesquisa dos produtos, assim como possuir descrições detalhadas e imagens adequadas.

Caso o site tenha falhas que dificultem o acesso ao produto, dificilmente o cliente decidirá fazer uma compra por esse e-commerce.

  • Prateleira infinita

Fazer o uso da prateleira infinita, onde é possível vender mesmo o que não há no estoque do e-commerce. Isso pode ocorrer quando há a conectividade da loja on-line com a s lojas físicas.

Assim, mesmo que o e-commerce não possua o produto em seu estoque, ele estará disponível na prateleira do site, pois será possível retirá-lo na loja física.  Ou seja, com o uso da prateleira infinita, não haverá estoque parado.

O que fazer para ter giro de estoque?

Como já visto, há diversas maneiras de como evitar o estoque parado. Mas se o seu negócio já enfrenta esse problema, é possível tomar outras ações para resolver essa questão o quanto antes.

Confira três sugestões para movimentar o estoque parado e não perder mais dinheiro.

  1. Apostar na divulgação: se os clientes não sabem que o produto existe ou que a sua loja o comercializa, ninguém irá procurá-lo. Por isso, descubra o público dos produtos que estão parados no estoque e faça uma divulgação massiva dos itens. Mesmo que você precise fazer um investimento com publicidade, isso evitará futuros gastos com armazenagem.
  1. Oferecer frete grátis: não cobrar pelo frete é uma das promoções favoritas dos consumidores. Sem dúvida isso incentivará a compra das mercadorias paradas. Contudo, é preciso fazer uma análise prévia para verificar se essa oferta não causará ainda mais prejuízo para o e-commerce. Caso não seja possível oferecer frete grátis, faça parceria com empresas especializadas em logística e garanta o melhor frete e a redução nos custos da entrega.
  1. Investir na venda promocional: fazer promoções do tipo pague 2 e leve 3 é excelente para dar giro ao estoque. Além disso, vale a pena oferecer ao cliente produtos similares ou que complementem a compra que ele deseja fazer. Por exemplo, se o consumidor está com uma blusa no carrinho, ofereça uma calça que combine com a blusa. Ou, se o cliente comprar um shampoo, ofereça o condicionador da mesma linha por um preço melhor.

Parceria especializada

Com as soluções para movimentar o estoque do seu e-commerce, para enviar os produtos com qualidade, segurança e rapidez aos clientes, a loja precisará de uma empresa especializada em logística.

A +Envios pode fazer entregas com mais facilidade e oferecer a melhor solução de envios para o seu negócio. Conheça nossos serviços e veja as opções que a plataforma pode oferecer ao e-commerce.

Entre em contato conosco hoje mesmo e descubra como podemos ajudar para evitar o estoque parado da sua loja on-line. 

Se quiser saber mais como integrar canais de vendas e ter um negócio omnichannel para oferecer uma experiência única ao seu cliente, faça aqui o download gratuito de um e-book sobre o assunto

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

CADASTRE-SE
PARA RECEBER
MAIS INFORMAÇÕES